A forma como Glenn Miller tocava…
Canções que se tornavam êxitos…
Tipos como nós estavam lançados…
Eram os bons velhos tempos…

E sabíamos a quantas andávamos.

As raparigas eram raparigas.
E os homens eram homens.

Precisavamos era de um homem.
Como Herbert Hoover outra vez.

Não precisavamos da Previdência.
Cada um fazia pela vida.

O nosso velho La Salle
andava que era uma maravilha.

Eram os bons velhos tempos!

p.s. Lembrar e homenagerar “All in the Family”, uma série eterna.