calor.
interior inquietante. why?

A mudança do tempo altera-nos?

(Wallace) Sim…modifica o comportamento dos nossos genes encefálicos.
(me) A sério?
W: Hum, acho que sim.

m: Sinto-me só amigo.
W: Eu sei.
m: Sabes?
W: Sim, sei, mas tu és assim, sempre foste assim, fraco, verdinho, vulnerável, influenciável…!
m: Então o calor não me altera nada, como referiste atrás!
W: Não altera, apenas infesta mais a tua fraqueza, solidão. Cava mais a moleza do teu ser.

m: Sou mesmo assim?
W: Sim, és.
m: Sairei a quem?
W: Não sei, mas a tua vida anterior foi muito facilitismo…deves ter sido um vagabundo sem luta…ou um leão (no sentido preguiçoso), … és alguém que quer ser sem luta.
m: Talvez tenhas razão.
W: Talvez?
m: Sim e não…😐

W: O caminho do mimo, do reino, do coitadinho e da fraqueza leva-nos a um futuro completamente mole e solitário. Tem pois cuidado caro Fontez.

m: São palavras duras amigo Wallace.
W: Duras não, honestas sim. Importo-me contigo…
m: Porquê?
W: Porque acredito em ti…acredito que se tu acreditares em ti próprio, deitando a pomada do sacrifício e luta na tua alma…serás um homem que não será influenciável, mas que influenciará o bem nos outros!
m: Mas isso é só falar.
W: Pois é caro, falaste bem, por isso “Action please”, que já chegou o tempo…! Só mais uma coisa, não adies (mais) o que pode se tornar inadiável!

m: Não te entendi…!