Já não escrevia há uns dias…e volto com um post relaxante do e para meu “eu”…!
Bem tive uns estudos, uns exames…!
Surgiu-se-me alguns obstáculos, umas chatices, umas alegrias, bem…como um cocktail da vida banal.
Durante a minha pacata e simples vida efectuei escolhas erradas.
Sou um Ser que nasceu para aventuras, para a espontaneidade dos acontecimentos, para o sentimento do bem nos outros…mas algumas fraquezas não deixaram usufruir. Sou alguém inseguro, que não creê nas suas capacidades, que não tem fé em si mesmo, mas que tem fé e que acredita nos outros…, quase como dizer eu não existo, não presto, os outros existem, prestam e interessam…!
Que escolhas então eu errei, dir-se-iamos…?
1- Devia ter estudado mais…
2- Devia ter estado do lado da minha princesa Tia Angelina quando ela chamou por mim…Este é o arrependimento que mastigarei o resto da minha vida. Fui perdoado, mas eu não me perdooei a mim próprio pela forma como agi.
3- Devia ter ido para Erasmus…
4- Devia ter sido mais amigo da responsabilidade…
5- Devia ter sido mais rigoroso com a liberdade. Pois como alguém (se calhar fui eu) já disse,…: A responsabilidade é o rabo da liberdade. Para onde for a liberdade, a responsabilidade (deve) vai atrás…!

Os 5 arrependimentos da minha vida aos 27 anos, aqui estão. Alguns diriam, não é hora de lamentares o passado, mas sim de sorrires e preparares o futuro, e não voltares a cometeres os mesmos erros…certo. A ver vamos…!

Arrepender é algo torturante, no qual só o perdão consegue curar…!