Estilhaços de um pensamento foram resgatados e aproveitei para juntá-los para encontrar o sentido e lógica.
O pensamento era referente ao meu Ser … O que sou…! (?)
Ao juntar as peças como um puzzle encontrei informação algo ambígua…, tais como:
Gosto de elogiar pessoas que merecem e também as que não merecem pois tenho esperança que estas encontrem o caminho do bem e razão no futuro (pois um elogio a uma pessoa que precisa de mudar serve como tónico de força e coragem), …, mas não gosto que me elogiam! Que nome se dá a Ser Humano destes? Altruísta doentio? Será o altruísmo algo anti-egoísmo?
Porque desejo mais, muito mais o bem dos outros que me rodeiam, que amo, do que o bem a mim próprio? Porque estou bem quando os outros estão bem, e não estou bem quando eu próprio estou bem? Como dizia num livro chamado Ansiosamente, porque transformo um momento bonito e alegre em desassossego?
Quando fico triste sinto um ódio por dentro e quando tenho ódio sinto uma tristeza por dentro. Faz confusão pois, mas é tipo como dois corpos que se mascararam…, o ódio mascarado de tristeza e esta de ódio…!
Poix (como alguém diria) …!
(…)