O Ser Humano vive num planeta doente. Tal planeta é sua casa sim, mas não a trata como tal. Trata como se fosse de outrem (da geração seguinte pois). Pena.
Neste mundo existe bondade e maldade, e o Homem lá vai evoluindo. O próprio criou regras e/ou leis, … , educação, … , através da ciência e religião para (tentar) dar arrumação ao exterior (captado pelos sentidos)! Porque somos gulosos (gula não só de comida, entenda-se pois) demais? Porque, sabendo que estamos a fazer algo de mal, consumimos à farta? Esgotamos recursos à farta? Why? Será que o egoísmo é mais forte que nós? Mas o egoísmo está na nossa mente, certo? A mente é nossa, certo? Nós mandamos na nossa mente, certo? Então é isso: Nós consumimos sem misericordia tudo o que de bom a natureza nos dá, porque queremos! Simplesmente, porque não queremos assumir a redeas de cuidar do mundo. Será que não aguentaremos o peso da responsabilidade? E os que se nos seguem aguentarão? Lá diriamos com desprezo: “Os nossos filhos que tratem do planeta, eu quero desfrutar ao máximo”. Aqui também entra a tal discussão do caminho mais fácil, isto é, é mais fácil deitar lixo ao chão do que deitar num caixote que não está ao nosso alcance…; é mais fácil misturar tudo do que separar para efeitos de reciclagem…; …
Estamos marmibando para a natureza. O nosso bem estar, a nossa vaidade tem de ser alimentada pois,…, o bom estar da natureza que se lixe…! Pena termos tal atitude pois vamo-nos arrepender e muito. Muita gente pensa: “Ohh deixa-te de coisas, esses problemas graves só vão acontecer daqui a milhões de anos, por isso deixa-me em paz e deixa-me consumir à farta…”. Que rico argumento. Como dizia um mestre: “Não metas os livros todos em cima da mesa, pois poderás estragar a mesa…”, o aluno lá responderia: “Mas mestre a mesa aguenta muito e mesmo carregadissima aguenta o peso durante muito tempo…”, o mestre lá finalizava: “Como sabes tu disso? Fizeste contas foi? Que efeito tem as tuas contas perante a mesa? Tens a certeza que não te terá faltado alguma variável, e a mesa vai desabar daqui a pouco? Devemos respeitar os limites meu caro …! Não brinques/gozes a mesa senão ela também te gozará”
(…)
Mas mesmo sabendo dos riscos sérios, porque será que o Homem continua na sua senda de destruição? Será porque é manipulado? Será que a gula tem estado impaciente? Ou será como diz um colega: “Quem nos manipula é simplesmente o dinheiro que por sua vez alimenta ferozmente a vaidade, e esta manipula o dinheiro…e assim o ciclo funciona”. Talvez esteja de acordo com algo nesta frase… E a comunicação social? Os politicos? Manipular-nos-ão? Só vemos filmes de guerra, de violência, de belezas, belezas exteriores, …! Só vemos politicos querendo agradar o presente em vez de agradar o futuro. A sociedade trilha o caminho da facilidade, do prazer imediato, do exagero da maquilhagem, do desprezo da natureza, do ódio e vingança, do stress, …! Onde iremos parar caros? Seremos mesmo uns animais racionais? Será que mudaremos com uma nova (outra ) manipulação que seja oposta à actual? (…)