Dois conceitos que pesam nossa consciência.
Será perdoar uma causa da paz? Custa? Parece que sim…, mas porquê? Algum evento venenoso se passará na nossa alma se perdoarmos, ou tentarmos perdoar?
Perdoar retira peso ‘chato’ à alma? Mas se perdoarmos e depois arrependemos-nos de o termos feito? Retirar-se-ia peso na mesma?
E desculpa? É a irmã do perdão? Custa pouco? Não criará esta algum evento malicioso na mente?
Conseguiremos, usando a ciência, diferenciar o perdão da desculpa? Existe um inverso para tudo…( bem é discutivel ), mas todos, ou quase todos creem em tal…e neste exemplo a haver um culpa terá de existir uma desculpa, certo? E no caso do perdão? Qual é seu inverso? Ódio? … ? É possivel perdoar alguém por ter feito o Bem? Dito doutra forma, será possível o Mal perdoar o Bem?
Para começo de debate fico-me por aqui…! São realmante duas palavras de peso, complexas no seu manuseamento se bem que existem “cópias”( falsas logo fáceis) do original! Conceitos estes importantissimos para a evolução do Ser Humano. Sem dúvida!